Quase entramos num embate

 

Dia desses quase entramos num embate feio por aqui. Estávamos na varanda brincando, eu e as meninas, até que a Valentina (não sei porque) simplesmente jogou todos os lápis pra cima e fez a maior bagunça. Na hora eu pedi que ela juntasse tudo pra gente deixar tudo organizado, ela se negou, inclusive disse que não foi ela quem fez a bagunça e sim a Olívia, eu insisti mais umas duas vezes que ela juntasse tudo e ela começou a fazer birra dizendo que não ia juntar e pronto.

Eu estava pronta pra deixar tudo no chão até que ela cedesse, mas a Olívia imediatamente começou a juntar tudo e eu achei melhor deixar. 

Me levantei, guardei o resto das coisas e nessa hora comecei a sentir aquela raiva subindo, COMO ASSIM ELA NÃO IRIA FAZER O QUE EU ESTAVA MANDANDO?!?!

 

Não se passou nem 5 minutos e a Valentina veio como se nada tivesse acontecido pedir pra que eu colocasse desenho na TV, eu disse que não iria colocar até ela me pedir desculpas, já que ela não arrumou a bagunça que ela mesma tinha feito. Ela se negou e eu percebendo que iria começar a perder o MEU próprio controle preferi sair do mesmo cômodo que ela, antes me abaixei, fiquei da altura dos olhos dela e disse: Eu preciso primeiro que você me peça desculpas e aí sim iremos conversar sobre outras coisas depois.

 

Saí e fui ajeitar umas coisas no quarto e ela já estava aos prantos percebendo que eu estava a ignorando, ela alternava entre se jogar no chão chorando e mudar de assunto pra chamar minha atenção, eu continuava meus afazeres sem lhe dar atenção. Ficamos nessa por uns 30 minutos, de tempo em tempo eu me abaixava novamente olhando nos olhos dela e perguntava: Você está pronta? Ela dizia que não e chorava. 

Tv desligada, comecei a ajeitar a cozinha pra começar o almoço, sinto ela me puxando e dizendo: Eu estou pronta, desculpa! Eu me abaixei, abracei disse que ela estava desculpada e que agora sim poderíamos conversar e fazer outras coisas juntas.

 

Usei algumas ferramentas da disciplina positiva nessa situação, mesmo que não tenha sido de forma 100% perfeita foi o que me veio na hora e assim acontece. Não existe fórmula, receita, existem N ferramentas e estratégias, existe tentativa e falha, existe a probabilidade da criança piorar muito pra só depois melhorar. E assim seguimos, pois crianças não são robôs programáveis e educar leva tempo e muito esforço. 

 

Please reload

17 Jun 2020

12 Feb 2020

Please reload

© 2016 by Apenas Mãe. Created by LUXLINE FILM & DESIGN

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now