Métodos naturais para estimular o trabalho de parto

January 23, 2018

 

Nove longos meses de gestação (na teoria, porque se formos contar as semanas esse tempo dura quase dez) e o mês mais difícil com toda certeza é o último, tanto devido ao cansaço quanto à ansiedade de ter logo o bebê no colo, muitas mulheres acabam até desistindo do parto normal ou de entrar em trabalho de parto por conta de não receber nenhum sinal de que está próximo e o cansaço ser intenso.

Porém, há teorias de alguns métodos naturais que podem ajudar o trabalho de parto iniciar, lembrando que a maioria não é comprovada cientificamente e vai muito da intuição e achismo popular. Se funciona ou não é complicado afirmar porque cada corpo e cada gestação acontecem de forma única.

 

Nunca tente experimentar nenhuma dessas ou outras “técnicas” para antecipar o parto caso tenha tido qualquer tipo de complicação na sua gestação, se ainda não tiver completado as 38 semanas ou ainda sem consultar seu obstetra.

 

Vamos aos métodos:

 

 

1- Fazer exercícios físicos

Praticar atividades físicas durante a gravidez, salvo contra indicações em situações muito específicas, é muito bom para a gestante se manter ativa e disposta, no fim da gestação principalmente são muito bem vindas as caminhadas e agachamentos, já que para estimular o início das contrações é preciso mexer a musculatura em volta do útero.

 

 

 

2- Fazer sexo

A relação sexual pode ajudar a induzir o parto de três formas. A primeira é pelo estímulo uterino que os orgasmos provocam. Segundo, pela liberação natural de ocitocina que a atividade gera – em induções clínicas, uma versão sintética deste hormônio é aplicada na gestante. Por último, o sêmen contém prostaglandina, que pode deixar o colo do útero melhor preparado para a dilatação. 

 

 

3- Dançar

Partindo do mesmo príncipio da atividade física, a dança inclusive pode ajudar a aliviar  durante o trabalho de parto ativo onde as dores são intensas. Além disso a dança pode ajudar a liberar ocitocina.

 

 

4- Fazer sessões de acupuntura

Segundo diversas pesquisas feitas desde 1974 em grávidas em fase final de gestação, as agulhas introduzidas em pontos específicos do corpo diminuem o tempo do trabalho de parto.

 

 

5- Comer alimentos picantes

Não há certezas, mas a comida picante tem um efeito laxante que estimula o útero e os intestinos. No entanto, se não é adepta de comida picante, não tente comê-la agora porque pode ter efeitos indesejáveis como azia ou hemorroidas.

 

 

 

6-Tomar chás (canela, gengibre, camomila)

Os chás podem fazer bem ou ajudar em processos, como o aumento das contrações no útero. Esse benefício pode auxiliar a mulher no fim da gravidez, facilitando no nascimento do bebê.

 

 

7- Tomar banhos quentes

A medicina chinesa prega que, para entrar em trabalho de parto, a mulher precisa estar rodeada de calor. Outra forma de esquentar o corpo e, de quebra, ficar relaxada, são os banhos quentinhos . (Não exagere na temperatura, para não sentir tontura)

 

 

 

8- Estimular a produção de ocitocina

Responsável por tornar mais forte o laço afetivo entre mãe e filho, a ocitocina, é por isso também, conhecida como “hormônio do amor”. Ela faz com que o útero fique contraído no fim da gestação, preparando o bebê para o nascimento. No fim da gestação e durante o trabalho de parto é ótimo que esse hormônio seja estimulado e nada mais gostoso do que se "concectar" ao bebê conversando com ele, ouvindo músicas que foram a playlist de toda a gestação, dar boas risadas, fazer sexo também são atividades que aliviam a tensão e ajudam a produção do hormônio.

 

 

Na gravidez da Valentina comecei a dilatar com 37 semanas e 5 dias, mas o trabalho de parto estagnou e parti para algumas tentavas: atividade física, ingerir chá de canela com frequência, manter relações sexuais com frequência e acupuntura, mesmo assim a Valentina nasceu com 39 semanas e 4 dias. 

 

Essas são algumas técnicas mais conhecidas entre as mães, existem outras que acho mais perigosas e não quis citar no post. Lembrando que é importantissímo a gestante estar sempre em contato com seu médico obstetra antes de tentar reproduzir algo que viu na internet!

Please reload

17 Jun 2020

12 Feb 2020

Please reload

© 2016 by Apenas Mãe. Created by LUXLINE FILM & DESIGN

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now